Melhores práticas na entrada US-mercado e crescimento de uma das principais empresas de software do Brasil

Katapult Group O privilégio de entrevistar o ex-CEO para os EUA e agora um líder C-suite com uma das maiores empresas de software do Brasil.
O objetivo da entrevista foi compreender quaisquer melhores práticas, em particular no contexto de entidades brasileiras. Pedimos também dicas e truques. Esperamos que o resumo abaixo servirá como inspiração e fornecer algumas orientações com seus endeveors como ele se relaciona com o mercado norte-americano.

Percepções Resumo:

– A empresa foi cometido a longo prazo, o CEO estava por trás dele! Na verdade, eles estavam tão comprometidos que um dos fundadores mudou para os EUA mais tarde.
– Levou mais tempo do que eles pensavam (~ 12-18 meses), mas então eles começaram a crescer muito rápido e bater seus números.
– Devido à longa espera por resultados que enfrentou alguns desafios difíceis e, internamente, houve alguns “negociações duras”, mas eles foram totalmente empenhada em fazer isso acontecer e suportou!
– Hoje eles têm muito menos clientes, mas os clientes muito maiores, do que no Brasil
– Eles foram para os EUA com 2 clientes americanos já contratados (servido do Brasil, mas o contrato estar com a entidade dos EUA)
– Eles situado-se perto do maior cliente dos Estados Unidos eo foco era crescer o cliente nos de dentro antes de se expandir muito. Foi realmente um papel Key Account.
– A pessoa enviado para os EUA tinha estado com eles firme para ~ 8 anos e reportava diretamente ao CEO
– A coisa mais difícil: Contratação! Esta continua a ser uma luta, especialmente a contratação de pessoal de vendas. Sua operação ainda é uma equipe muito brasileiro.
– Contratação de uma pessoa Sr. vs uma equipa jovem? É muito difícil para atrair o talento certo sem receitas e sem marca. Também para obter os caras Sr. é muito, muito caro.
– A oportunidade nos EUA é inimaginavelmente grande! MAS, a concorrência é muito acirrada. “Isso torna a venda no Brasil um pedaço de bolo”.
– Leva tempo para obter relacionamentos, mas que vale a pena e você deve torná-lo um objetivo

Dicas para outros brasileiros que querem ir para o estrangeiro:
– Aluguer de ajuda para mudar, admin, etc. Ele fez o trabalho, mas foi muito difícil para a família e ele passou muito tempo tentando entender os conceitos básicos para fora
– Não baseie sua expansão internacional na taxa de câmbio. Você precisa comprometer-se totalmente e pensar a longo prazo.

O que as organizações eo governo brasileiro pode fazer para melhorar as oportunidades para as empresas e sua expansão internacional?

– Curto prazo: Faça o sistema brasileiro menos complexo para lidar com como um negócio
– A longo prazo: educação melhor, isto é, garantir que os graduados falar melhor Inglês e são treinados melhor nas habilidades que são necessárias
– Promover programas de troca é algo que o Goverment deve continuar a fazer. Os alunos que retornam do Brasil voltar com melhores habilidades e experiências ricas.

Katapult Group Continuará a se expandir em nossas percepções como eles se relacionam com as empresas brasileiras que entram e crescente nos EUA.
Para entrar em contato com a gente, por favor envie um email para hello@KatapultGroup.com ou ligue para +1.844.528.2785

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *